links Interessates

15/08/2011
.: Dia Mundial do Rim
   
15/08/2011
.: Simpósio de Gestão de Díalise
   
15/08/2011
.: Nefroclínica completa 20 anos
   
15/08/2011
.: Participação em congressos
   
15/08/2011

Transplante é tema do mês

Transplante é o tema do mês na NefroClínica

Neste mês a NefroClínica realiza para seus pacientes palestra sobre transplante renal, que será conduzida pelo médico nefrologista Dr. Carlos Comin. A atividade acontece no dia 27 de novembro e tem o objetivo de explicar aos pacientes quem precisa de transplante renal, como funciona a lista de espera de órgãos, quem pode ser doador, quem pode ser transplantado e ainda as novas regras para o transplante de órgãos no Brasil.

De acordo com o Dr. Carlos hoje é encaminhado para o transplante somente o paciente que possui prejuízo irreversível das funções renais. Este paciente, ao ser conduzido pelo médico passa por uma série de exames para avaliar sua saúde entrando posteriormente numa lista de espera de órgãos. Nesta lista de espera, os rins doados são alocados primeiro localmente, depois regionalmente e por fim nacionalmente seguindo critérios de compatibilidade, tempo da lista de espera, qualidade da compatibilidade, porcentagem de reatividade contra um painel de células e urgência médica. Ganham pontos também nesta lista pacientes pediátricos e pessoas que já tenham doado órgãos.

Um transplante renal pode ser realizado a partir de um doador vivo ou um doador falecido. Qualquer pessoa adulta que seja saudável, tenha função renal normal e não apresente evidências de risco de doença renal ou de outros órgãos vitais após a doação, pode ser doadora. ?Para o doador, a falta de um rim modifica muito pouco sua vida, já que a ausência de um rim será compensada pelo outro órgão sadio? diz, Dr. Comin.

No final do mês passado, o Sistema Nacional de Transplante fez algumas mudanças em seu regulamento técnico. De acordo com estas novas regras, doadores que tenham alguma doença transmissível passam a poder doar para pacientes que tenham a mesma enfermidade e pessoas abaixo de 18 anos passam a ter prioridade para receber órgãos de doadores da mesma faixa etária. Outra alteração é que todas as crianças e adolescentes passam a ter direito a se inscrever na lista para um transplante de rim antes de entrar na fase terminal da doença renal crônica e de ter indicação para diálise; e a doação intervivos de doador não aparentado passa a precisar de autorização de uma comissão de ética formada por funcionários dos hospitais.



NefroClínica ? Clínica de Tratamento Renal
Rua Gal. Arcy da Rocha Nóbrega, 401 - Centro Médico Medianeira - Fone: (54) 3219-3133




___________________________________________________________
Bendita Informação Assessoria de Imprensa
Christiane Finger ? Jornalista/ MTb 11370 (54) 9967.6489
Grasiela Lovat ? Jornalista/ MTb 12707 (54) 9114.6588
Rua 20 de Setembro, 2248/601
95020.450 Caxias do Sul ? RS
Fone: (54) 3223.6153

bendita@benditainformacao.com.br ? www.benditainformacao.com.br